Coturnos: Dos militares para o mundo da moda

Já foi tempo em que coturno era preto, de couro e usado apenas por militares…

ImagemFoi tendência nos anos 90 com toda aquela onda grunge e agora voltou, junto com a tendência militarista, isso fez com que fossem criadas variações de cores, estampas e até mesmo material para o sapato.

O coturno em si já é uma peça bem pesada, logo, o ideal é combina-la com peças mais levinhas e femininas. A minha dica é: Use o coturno com peças que deixem suas pernas livres (saias, vestidos e short), legging, meia-calça ou skinny.

Abaixo alguns looks que eu separei de blogueiras e de meninas lá do lookbook para exemplificar

ImagemE é claro, alguns feitos por mim lá no polyvore:

ImagemDepois dessa, eu quero saber: Vocês usariam?

Até a próxima!

Anúncios

Must Have: Denim Shirt

Oi! Se tem uma peça que eu amo e acho que toda mulher deveria ter no guarda-roupa é uma denim shirt (aka: camisa jeans), sério. É bem básica e isso facilita muito a montagem de qualquer look.

Fui direto no google atrás de algumas famosas e encontrei uma quantidade gigantesca de fotos. Ou seja, se você está lendo esse post e não tem uma, acho uma boa começar a pesquisar preços e tal. Dica!

ImagemAlexa Chung e Ashley Greene resolveram deixar as pernocas de fora, já Demi e Drew Barrymore apostaram nas saias. Há de convir, uma das minhas opções favoritas.

ImagemKristen fez um look bem boyfriend mesmo, começando pela escolha da calça. Lindsay Lohan  faz parte do grupo que gosta de deixar as pernas de fora, assim como a Miley, que foi de bota. Olivia Palermo escolheu usar jeans com jeans e quebrou um pouco esse jeans do look com uma sapatilha nude.

Imagem

Depois da pesquisa pelas fotos de famosas usando denim shirt, eu corri pro Polyvore e montei alguns looks com o meu jeitinho, mas não podia demorar muito porque já tinha gente (bota a cara, Nathalia) cobrando o post do dia, que só é sobre moda por causa dela. Porém, eu poderia passar horas e horas lá só pela infinidade de opções.

Bom, essa foi a dica de hoje e não tinha como ser mais básica. Até a próxima.